(021) 2431-3403    |    contato@visionbarra.com.br    |   

Os cuidados básicos com os olhos

O uso constante das novas tecnologias portáteis obrigou o indivíduo a passar mais tempo com os olhos focados na tela – o que pode desencadear diversas doenças oculares, como síndrome do olho seco, fadiga ocular e dores de cabeça. 

Por isso tomar alguns cuidados com os olhos, implica em não apenas protege-los, como também relaxá-los e a hidrata-los, reduzindo inclusive a possibilidade de ter que usar óculos. Saiba que cuidados são esses: 

Óculos escuros de qualidade: esse tipo de óculos protege os olhos contra os raios solares, portanto, deve ser levado a sério. Para manter a saúde dos olhos e evitar as doenças oculares decorrentes da exposição solar, óculos de sol deve oferecer proteção contra os raios UVA, UVB e UVC.

Olhos sem maquiagem ao dormir: antes de dormir, tanto a pele do rosto quanto dos olhos deve estar plenamente limpa. Do contrário, vestígios da maquiagem podem atingir a córnea, provocando irritações e até conjuntivite.

Colírios apenas com receita: usar colírios até pode aliviar os sintomas de vermelhidão ou coceira nos olhos, mas como qualquer remédio, não deve ser utilizado de forma indiscriminada.

Visitas regulares ao oftalmologista: é uma medida especialmente importante para evitar doenças como glaucoma e catarata que, a princípio, não apresentam sintomas. O ideal é realizar consultas de rotina 1 vez por ano, para garantir um bom acompanhamento da saúde visual. 

Relaxamento dos olhos: alguns exercícios são excelentes para descansar os olhos, prevenindo incômodos como dor de cabeça, por exemplo. Para quem trabalha com computador, olhar para longe pode ser bem recompensador. Consiste apenas em focar em um objeto específico a 40m de distância. Outro bom exercício é fechar os olhos ou piscá-los várias vezes por dia, se você não tiver um horizonte ao alcance. Além de relaxados, eles estarão hidratados.

Óculos de grau individuais: não se deve usar os óculos de outra pessoa, cada indivíduo precisa da sua própria graduação, com sua própria receita médica. Além de individuais, eles devem ser de qualidade – o que implica em não serem adquiridos em camelô, já que a graduação pode não ser a correta e fará com que o indivíduo realize um esforço maior para focar a visão.

Alimentação certa: alguns nutrientes, como vitamina A, E e ômega-3 são essenciais para manter a saúde dos olhos e prevenir doenças e problemas de visão como síndrome do olho seco, glaucoma e degeneração macular.  

Fonte: Medical Site